O Ministério da Cultura do Brasil e a Secretaria Geral Ibero-Americana promovem a partir desta semana o Laboratório de Inovação Cidadã, no Rio de Janeiro, como parte da política ibero-americana de inovação cidadã.

Nós, do projeto Tecnologias e Alternativas, vamos participar do evento em vários momentos.

No dia 18 de novembro, pela manhã, a partir das 10 horas, propusemos a realização de um workshop para debater a situação das instituições e os caminhos alternativos que temos para construir institucionalidades transparentes para a inovação cidadã. A questão que nos orienta nesse debate é: como fazer para que nossos projetos sejam diferentes também na dimensão institucional? Como inovar e ser transparente na gestão dos recursos e do trabalho?

Esse workshop ocorrerá com a participação de Graciela Selaimen, da Fundação Ford, Daniela Silva, da Open Society Foundation, José Murilo Jr., do Ministério da Cultura, e Rodrigo Savazoni, do projeto Tecnologias e Alternativas.

Veja a programação completa aqui

A partir do dia 26 de novembro, acompanharemos as principais atividades que estão previstas articulando a rede de inovação cidadã. Estaremos presentes aos debates “Conectando projetos, experiências e conhecimentos de Inovação Cidadã”; “Tecnologias para a participação social na gestão governamental” e “Reflexão sobre formatos de laboratórios de inovação cidadã”.

Por fim, no dia 29, às 10h30, Rodrigo Savazoni participa do seminário final do LABIC, na mesa “Cidadania responsável da transformação social e qualidade democrática”, com Paola Ricaurte (México) e Adriana Facina (Brasil).